Tratando as dificuldades emocionais dos idosos

Embora os idosos façam contribuições significativas para a sociedade como voluntários, membros ativos da força de trabalho, líderes e membros da família, a maioria é mais suscetível a distúrbios emocionais. Infelizmente, essas dificuldades emocionais passam despercebidas, mesmo pelos profissionais de saúde.

Além disso, o estigma em torno dessas complicações torna os idosos hesitantes em procurar ajuda. Quer seja um cuidador profissional que cuida de idosos ou tenha um familiar idoso sob os seus cuidados, precisa de compreender as várias dificuldades emocionais por que passam e como tratá-las. Continue lendo para aprender mais sobre os desafios emocionais comuns enfrentados por pessoas mais velhas, os fatores de risco e como tratá-los.

Dificuldades emocionais comuns dos idosos

À medida que as pessoas envelhecem, seus corpos passam por vários estágios de mudança, fazendo com que vivam estresse, raiva, ansiedade, preocupação e outras emoções negativas constantes. Se essas emoções não forem controladas, elas causam distúrbios emocionais graves, como alimentação emocional, fobia social, insônia, medo relacionado a habilidades cognitivas, estresse, abuso de álcool e problemas de raiva.

Possíveis gatilhos para transtornos emocionais em pessoas idosas

Uma das principais razões pelas quais essas dificuldades emocionais em pessoas mais velhas não são diagnosticadas precocemente é que eles têm menos probabilidade de relatar problemas psicológicos. A maioria deles relata apenas problemas físicos. Portanto, eles só se tornam aparentes quando estão em um estágio avançado. Alguns dos possíveis gatilhos para complicações emocionais em pessoas mais velhas incluem:

  • Doença crônica
  • Deficiências físicas, como doenças da tireoide ou adrenal, que afetam a emoção, o pensamento ou a memória
  • Mudanças importantes na vida
  • Dor crônica
  • Deficiências físicas
  • Solidão
  • Mudanças importantes na vida
  • Luto
  • Viuvez
  • Certos medicamentos
  • Consumo excessivo de álcool ou abuso de drogas
  • Desnutrição / dieta pobre
  • Doença que causa demência

Como tratar complicações emocionais em pessoas idosas

Existem várias opções de tratamento para distúrbios emocionais em idosos, incluindo medicamentos, terapia ou ambos. Se você perceber que seu pai idoso sofre de um distúrbio emocional, não hesite em entrar em contato com o médico para uma intervenção imediata. Você será direcionado a um psiquiatra geriátrico, psicólogo ou conselheiro para diagnóstico e tratamento adicionais na maioria dos casos.

Embora não haja atualmente nenhum medicamento para tratar a demência, muitas coisas podem ser feitas para apoiar e melhorar a vida de uma pessoa idosa com demência. Por exemplo, você deve enfatizar o diagnóstico precoce, otimizar a saúde física e mental, identificar e tratar doenças físicas relacionadas, identificar e tratar comportamentos desafiadores e fornecer as informações necessárias e suporte de longo prazo aos cuidadores.